#Elavence Perfil - Da segurança financeira à vontade de empreender

Atualizado: 24 de Dez de 2020

Após se tornar mãe, Vanessa Abad decidiu seguir seu coração e deixar cargo de consultora-sênior de uma grande empresa e lutar pelo sonho de empreender

DA REDAÇÃO DO ELAV – A paulistana Vanessa Abad viu desde muito cedo o exemplo de sua avó materna que, devido às circunstâncias da vida, se viu impelida a empreender por necessidade. Com ajuda de seus filhos, durante quase trinta anos, teve vários pequenos empreendimentos, sempre no ramo da culinária.


O exemplo da avó a acompanhou por muito tempo, mas também por situações diversas durante a adolescência, precisou adiar um pouco seus planos e sonhos. Mesmo com o desejo de cursar a faculdade de turismo, optou por ciência da computação já que precisava trabalhar para arcar com as despesas.


Após ter concluído seus estudos, trabalhou em duas grandes empresas e se especializou na área comercial, atendendo clientes e atuando em programas de fidelização. Esta sempre foi sua grande paixão, vender e enxergar novos negócios e oportunidades. “Meu trabalho sempre foi feito com muito amor e gratidão... Sempre me doei por completo", relembra.


Maternidade: gatilho empreendedor


Em agosto de 2018, Vanessa passou a ser também a mãe da Ana Clara. A maternidade também fazia parte de seus sonhos de longa data, mas logo após a licença, ao retornar às suas atividades, percebeu que algo já não se encaixava tão bem em sua nova vida e prioridades.


Os meses seguintes foram de adaptação, mas a sensação de um certo vazio ainda permanecia. Pouco mais de um ano depois, no fim de 2019, participou de um processo seletivo e passou a atuar como consultora-sênior.


Estava em seu auge profissional, porém as dúvidas e falta de tempo para estar com a pequena Clarinha foi tornando sua rotina cada dia mais desconfortável. A promoção que deveria ser uma grande alegria se transformou em tormento, algo que a fez sentir cada dia mais angustiada.


Antes mesmo da pandemia, pensando em o que fazer para ter mais qualidade de vida, Vanessa pediu demissão e abriu mão da segurança financeira em troca da realização do seu desejo de empreender. Era o início de uma nova trajetória.


Recomeçar sempre

Em busca de conhecimento que apoiasse sua jornada como empreendedora, buscou cursos de gestão, pesquisou o mercado e, influenciada por memórias afetivas de sua infância e dos doces caseiros e artesanais, fundou a Brigadeiros Clarinha. Vieram a empresa formal, o logotipo, o conhecimento do cliente, a busca por diferenciais que destacassem seus brigadeiros no mercado.


Com a ajuda de sua mãe, Vanessa fazia os brigadeiros, montava as embalagens, administrava o Instagram e também recebia pedidos por aplicativos de entrega e Whatsapp. Com a demanda crescente aumentaram também os pedidos de novos produtos, kits festas e bolos. Com o crescimento da empresa, um desafio já enfrentado na carreira anterior de intraempreendedora renasceu: a escassez de tempo para ficar com a filha. Com o tempo curto, a insatisfação também voltou.


A alternativa foi buscar um novo caminho e uma nova gestão para a Brigadeiros Clarinha, que já tinha clientela formada e uma visibilidade no Instagram. Inspirada pelo exemplo da filha, a loja passou a ser gerenciada pela mãe de Vanessa, que segue à frente do negócio.


O novo foco de Vanessa passou então ao mundo online. Escreveu um e-book de suas receitas e também com dicas sobre onde adquirir produtos online, pensando justamente em pessoas que gostariam também de empreender vendendo doces, mas não tinham ainda o know-how necessário. O e-book ainda não trouxe os louros desejados que ela espera, mas segue à venda nas plataformas de cursos online.


No momento atual, Vanessa está em processo de evolução pessoal e em busca de novas conexões, conhecimentos e inspirações para seu novo empreendimento que está em fase de pesquisa. “Preciso aprender um pouco mais antes de seguir com e-commerce de terços para noivas. Não tenho medo, mas preciso ter clareza antes de investir nesse novo negócio. Vou chegar onde quero, mas estou no momento do recomeço", diz.

203 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo