#Elavence Perfil - A moda sustentável da Florent

Sarah Almeida quis ir além de um e-commerce de roupas. Por que não ressignificar peças antigas e transformá-las em novos modelos? Nascia o conceito de moda circular da Florent


DA REDAÇÃO DO ELAV - O empreendedorismo surgiu cedo na vida de Sarah Almeida. Aos 17 anos, começou a estudar o tema como parte do projeto da ONG americana Junior Achievement. Foi amor à primeira vista e, da vontade em criar um negócio próprio, veio também o interesse em criar uma empresa verdadeiramente sustentável. Nascia aí a Florent.

A Florent é um e-commerce de moda sustentável e circular. "Trabalhamos com a técnica de upcycling, técnica que ressignifica uma peça que já existia transformando em outra", explica Sarah.


O negócio, cheio de propósito, ajuda a poupar recursos naturais. "Um dos maiores problemas hoje da moda é o gigantesco impacto ambiental. O jeans, por exemplo, é algo que gasta muito desde o plantio do algodão até a peça finalizada. São consumidos algo em torno de 11 mil litros de água", afirma.


O potencial e o impacto do negócio fez com que a produtora de moda, estilista e pesquisadora Sarah apresentasse a Florent no palco do Shark Tank Brasil e conquistou nada menos do que Camila Farani como sua sócia.


Nessa entrevista, Sarah conta sobre os planos da Florent, os desafios e oportunidade de crescimento para a marca. Assista já.


422 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo