#Elavence Perfil - Educação financeira para surdos

Atualizado: Jun 8

Thaísa é educadora financeira surda e depois de estudar muito sobre o mercado financeiro decidiu compartilhar seu conhecimento tanto para comunidade surda quanto para ouvintes.


DA REDAÇÃO DO ELAV - Poupança não é o melhor investimento! Esta foi a frase que Thaísa Durso leu na internet em 2017 e foi uma virada de chave em sua vida. Na época estava tentando juntar dinheiro para reduzir as parcelas do financiamento imobiliário que havia feito. Desde então buscou aprender mais sobre o mercado financeiro, mesmo com pouco conteúdo acessível, se esforçou, estudou buscando conhecimento em blogs, canais no Youtube e Instagram e se apaixonou pelo assunto.


Atualmente Thaísa é bancária, investidora, educadora financeira surda e fundadora do Poupe com Estilo que tem como objetivo gerar conteúdo sobre finanças e investimento de forma leve e acessível. No Instagram possui mais de 26 mil seguidores e produz diversos conteúdos em vídeos legendados e imagens. Além disso, sentiu a necessidade de criar um curso on-line para que a comunidade surda pudesse aprender de forma mais profunda sobre finanças e investimentos e desde outubro de 2020 em torno de 180 alunos se inscreveram.

Com apenas dois meses de vida devido à meningite ficou surda de ambos os ouvidos e relata que a partir de então enfrenta um mundo silencioso e que embora o aparelho auditivo a ajude a ouvir alguns sons parcialmente, ainda luta para entender o que o mundo quer dizer através de leitura labial, escrita e Libras.


Os estudos durante a infância nunca foram fáceis. Professores particulares, fonoaudiólogos, família e colegas fizeram parte desse processo para que Thaísa pudesse aprender o português, era difícil se comunicar apenas com a leitura labial. Conta que colegas gravavam algumas aulas para que a mãe escutasse e fizesse as anotações e finalmente tivesse acesso ao conteúdo da aula. Eram tempos complicados, pois não era fluente em Libras. A fluência veio quando conheceu o marido que é surdo e durante passeios e festas conheceram amigos surdos que eram usuários de Libras e isso facilitou para que ambos se tornassem fluentes.


Thaísa está com 34 anos e afirma que sua missão é tornar a educação financeira fácil e acessível para que todos tenham uma vida financeira equilibrada e bem sucedida e sonha em cumprir essa missão com palestras e livros e continuar alcançando a comunidade surda e mulheres.


169 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo